quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Não houve fumo branco. A coisa tá preta...

Considerado um mau orçamento, mesmo por individualidades reconhecidadmente da Direita, como Mário Soares, não houve consenso para o aprovar.
Não deixa de ser uma surpresa, mesmo assim. A primeira dedução a fazer é que Passos Coelho continuar a dar tiros nos pés, esquecendo-se que só tem quatro, e, ao não dar o agreement ao dito documento os "Mercados" irão certamente continuar a confiar, e apostar, no "ps".
Uma vitória de Sócrates, portanto.

2 comentários:

António Agostinho disse...

a coisa prá gente está na mesma (quer dizer, pior)!...

Fernando Samuel disse...

Com OE ou sem OE, e com esta cambada a gozar connosco, estamos lixados.
Temos que os lixar...

Um abraço.